Ministério da Agricultura libera novo fungicida microbiológico | Tecnologia | Notícias | Novo Rural
(54) 3194-0098 | (55) 99960-4053
PUBLICIDADE
Ministério da Agricultura libera novo fungicida microbiológico
Produto atua como acelerador para o tratamento contra doenças no solo e na semente em culturas como soja, trigo, arroz e milho
Quinta, 13 de Janeiro de 2022
(Reprodução Internet)

O objetivo do produto Rizoderma TSI, com formulação 100% líquida e composto por um fungo chamado Trichoderma afroharzianum, é acelerar o tratamento contra doenças no solo e na semente de diversas culturas, como soja, trigo, arroz e milho. O produto foi aprovado no último mês pelo Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

O Rizoderma tem formulação fluída a qual garante uma maior aplicabilidade no tratamento de semente. Além disso, permite que as células fúngicas sejam mais estáveis e com maior poder fungicida, o que significa maior proteção no campo. Dessa maneira, atua mais rápido colonizando a raiz da planta, que terá a produção de metabolitos secundários, entre eles os antibióticos, que vão inibir ou matar outros fungos, além de produzir fito hormônios, que são responsáveis pelo crescimento e metabolismo vegetal.

– O produto consegue fazer com que a planta cresça mais rápido, de forma protegida e produzindo na raiz mais ácidos orgânicos. Esses, por sua vez, disponibilizam nutrientes que são absorvidos do solo – destaca Lucas Lopes, gerente de produto da linha de Controle Biológico e Tratamento de Sementes e Grãos da Rizobacter.

Considerado um fungicida microbiológico, o produto combina mecanismos de ação que naturalmente previnem e retardam as possibilidades de desenvolvimento e ataque de patógenos. Uma vez aplicado, já entra em ação e consegue uma maior eficiência comparado com produtos em que o fungo está inativo.

– É uma grande conquista para a Rizobacter trazer o Rizoderma ao Brasil. Acreditamos que, hoje, seja o produto mais completo, sustentável e tecnológico do mercado, - diz Lopes.

Resultado comprovado

O Rizoderma tem comprovado sua eficácia no controle de múltiplas doenças de sementes e solo, como Sclerotinia sclerotiorum(mofo branco), macrophomina, fusarium, rizoctonia, que afetam a germinação e o desenvolvimento inicial de culturas como milho, soja e trigo. 

– Graças ao processo de fermentação líquida de alta qualidade, o Rizoderma pode ser aplicado com mais de 90 dias de antecedência na semente – finaliza Lopes.

Fonte: Da Redação, com informações CDI Comunicação
MAIS FOTOS