Ministério da Agricultura vai lançar comitê para debater insumos | Agricultura | Notícias | Novo Rural
(54) 3194-0098 | (55) 99960-4053
PUBLICIDADE
Ministério da Agricultura vai lançar comitê para debater insumos
Entre janeiro a setembro de 2021, o Brasil importou mais de 29 milhões de toneladas de adubos e fertilizantes
Terça, 23 de Novembro de 2021
Divulgação

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que vai criar, até o fim do mês, um comitê para debater os principais temas ligados ao setor de insumos, incluindo a área de fertilizantes, com a participação da iniciativa privada e de entidades setoriais, a fim de garantir o fornecimento dos insumos para as próximas safras brasileiras.

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 23, durante um evento da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda).

Ainda segundo a ministra, está prevista uma viagem em dezembro para o Canadá, com o intuito de manter conversas com o país sobre o fornecimento de fertilizantes. “Foi uma conversa alinhada, no qual ressaltaram que o Brasil é um parceiro estratégico”, pontuou.

No evento, a Teresa Cristina falou sobre a reunião com outras empresas globais, incluindo um fornecedor da Bielorrússia, cuja preocupação está nas sanções econômicas que aquele país deverá receber por parte da União Europeia e dos Estados Unidos, gerando dificuldades para suas exportações.

Evento

O 8º Congresso Brasileiro de Fertilizantes está sendo acompanhado por mais de 3 mil participantes.

Na abertura, o presidente do conselho de administração da Anda, Eduardo de Souza Monteiro, ressaltou a contribuição do setor de fertilizantes para a competitividade, produtividade e sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

Ano passado, o segmento alcançou o recorde de 40 milhões de toneladas vendidas, o que representou um crescimento de 12% comparado a 2019, de 36 milhões de toneladas comercializadas. “Consultorias estimam um novo recorde em 2021”,afirmou.

Ele comentou sobre a alta dependência das importações no setor e, em decorrência desse cenário, o governo gederal começou um debate para a criação de um plano federal de fertilizantes para contribuir com o desenvolvimento ainda maior do segmento.

Fonte: Da redação, com informações Canal Rural
MAIS FOTOS