Preço pago pelo quilo do suíno chega a R$ 6,81 no Estado gaúcho | Pecuária | Notícias | Novo Rural
(54) 3194-0098 | (55) 99960-4053
PUBLICIDADE
Preço pago pelo quilo do suíno chega a R$ 6,81 no Estado gaúcho
Segunda, 22 de Novembro de 2021
(Gracieli Verde/Arquivo Novo Rural)

A Pesquisa Semanal da Cotação do Suíno, milho e farelo de soja no Rio Grande do Sul registrou, na sexta-feira, dia 19, aumento de 37 centavos no preço médio pago pelo quilo do suíno independente no estado. A cotação é de R$ 6,81.

O custo médio da saca de 60 quilos de milho ficou em R$ 84,00. Já o preço da tonelada do farelo de soja é de R$ 2.193,33 e da casquinha de soja é de R$ 1.662,50, ambos para pagamento à vista, preço da indústria (FOB).


Agroindústrias e cooperativas 

O preço médio na integração apontado pela pesquisa é de R$ 5,58. 

As cooperativas e agroindústrias apresentaram as seguintes cotações: Aurora/Cooperalfa R$ 5,70 (base suíno gordo) e R$ 5,80 (leitão 6 a 23 quilos), vigentes desde 10/11; Cooperativa Languiru R$ 5,70, vigente desde 16/11; Cooperativa Majestade R$ 5,70, vigente desde 11/11 ; Dália Alimentos/Cosuel R$ 5,90, vigente desde 09/08; Alibem R$ 4,70 (base suíno creche e terminação) e R$ 5,70 (leitão), vigentes desde 11/11 e 27/05, respectivamente; BRF R$ 5,70, vigente desde 20/09; Estrela Alimentos, R$ 4,80 (base creche e terminação) e R$ 5,75 (leitão), vigente desde 11/11; JBS R$ 5,60, vigente desde 06/05; e Pamplona R$ 5,70 (base terminação) e R$ 5,80 (base suíno leitão), vigentes desde 11/11.
 

Fonte: Da Redação, com informações da Acsurs
MAIS FOTOS