Comissão debate criação de teto nacional para registro de garantias de crédito rural | Negócios | Notícias | Novo Rural
(54) 3194-0098 | (55) 99960-4053
PUBLICIDADE
Comissão debate criação de teto nacional para registro de garantias de crédito rural
O projeto fixa um teto nacional de R$ 250 para o custo do registro em cartório das garantias de operações de crédito rural
Sexta, 15 de Outubro de 2021
Divulgação

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados discute na próxima quarta-feira, 20, o projeto que fixa um teto nacional de R$ 250 para o custo do registro em cartório das garantias de operações de crédito rural (PL 4334/20).

“A redução das custas cartorárias é uma demanda antiga dos produtores rurais”, lembrou o deputado Kim Kataguiri, que sugeriu a realização do debate. Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), as custas cartoriais chegam a elevar em 1,5 ponto percentual o custo do financiamento tomado pelo produtor.

Kataguiri lembra que, desde a publicação da Lei 13.986/20 (MP do Agro), o produtor já não precisa mais fazer o registro em cartório das cédulas de crédito rural e de produto rural. “Mas, no caso do registro de garantias, ainda é necessário o trâmite nos estabelecimentos”, ressalta.

Além de criar um teto para o registro de garantias rurais, o PL 4334/20 busca reduzir a morosidade e a burocracia no processo de registro. A proposta muda a Lei 6.015/73 e reduz de 30 dias para 10 dias úteis o prazo para que os cartórios providenciem o registro de um imóvel, a partir da formalização do pedido.

“Atualmente, esse é um dos grandes entraves na relação entre a atividade agropecuária e os cartórios. Em algumas regiões do País, o registro pode levar mais de um mês para ser efetivado”, afirma Kim Kataguiri.

Foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares, entre outros, o consultor jurídico da CNA, Rodrigo de Oliveira Kauffmann, e o presidente do Operador Nacional do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis (ONR), Flauzilino Araújo dos Santos.

Fonte: Da Redação, com informações Agência Câmara
MAIS FOTOS