Embrapa Caprinos e Ovinos celebra 46 anos com tour virtual | Pecuária | Notícias | Novo Rural
PUBLICIDADE
Embrapa Caprinos e Ovinos celebra 46 anos com tour virtual
A Unidade tem disponibilizado novos produtos e processos para a agregação de valor a produtos da carne e leite dos animais
Terça, 15 de Junho de 2021
Divulgação

A Embrapa Caprinos e Ovinos comemorou na segunda-feira, 14 de junho, 46 anos de fundação convidando o público para um tour virtual pela empresa e apresentando os principais resultados gerados para o setor produtivo nos últimos anos.  O evento, transmitido pelo canal da Embrapa no Youtube, contou com a participação do presidente da empresa, Celso Moretti, e da diretora-executiva de Inovação e Tecnologia, Adriana Martin.  Representantes de instituições parceiras, CNA, Petrotec, Azevedo Óleos, Agreenvir e Atros 34 e Spectral Solutions, enviaram mensagens parabenizando a Unidade.

Celso Moretti destacou que, não obstante os últimos dois anos estarem sendo difíceis, a Embrapa não deixou de fazer entregas importantes. Ele citou os dados do Balanço Social de 2020, onde está demonstrado que para cada real investido na empresa, R$17,7 reais foram devolvidos para a sociedade brasileira.  Moretti afirmou que o Brasil será protagonista para a alimentação do mundo nos próximos anos e que a Embrapa tem uma participação importante neste processo. Ele destacou a conexão da agenda da empresa com o setor produtivo, o que foi reforçado pelo chefe-geral da Embrapa Caprinos e Ovinos, Marco Bomfim. “Temos muitos desafios no país inteiro para uma equipe relativamente pequena, mas estamos nos conectando com parceiros nos territórios para dar conta das demandas”, explicou.   A diretora Adriana Martin também enfatizou que os resultados apresentados pela Unidade são fruto da articulação com os parceiros e outros atores nos âmbitos municipal, estadual e federal.

Desafios e resultados

O vídeo apresentado no evento mostra os principais desafios enfrentados nas áreas administrativas, de transferência de tecnologias e de pesquisa, desenvolvimento e inovação e o que tem sido feito para superá-los.  

Na área de administração, a restrição orçamentária imposta desde 2015 foi enfrentada com revisão de contratos, otimização de processos internos e definição de prioridades para alocar recursos.  Como resultados, os campos experimentais foram reestruturados e reduzidos de 11 para 3 setores, com diminuição de mais de 25% dos custos dos contratos associados ao custeio da Unidade. A intensificação da busca por parceiros externos gerou uma captação de 20 milhões de reais para aplicação direta nas pesquisas.  Apesar das equipes estarem em teletrabalho, a Embrapa Caprinos e Ovinos cumpriu mais de 90% dos resultados previstos para o ano de 2020.

No que se refere à transferência de tecnologias, a Unidade atualizou sua visão de futuro a respeito das cadeias produtivas de caprinos e ovinos, com levantamentos realizados junto aos representantes do setor durante a 9ª SECOB, realizada em 2019. Para superar os desafios que o setor apresenta, está ampliando a plataforma digital de capacitações de técnicos e produtores e planejando a implantação, a curto prazo, de um Programa de Capacitação Continuada em caprinocultura e ovinocultura. Além disso, está ampliando a prospecção de parcerias para execução de projetos com o setor produtivo e para o licenciamento de tecnologias.

A equipe de pesquisa tem trabalhado com ativos tecnológicos para garantir a segurança alimentar animal no semiárido, com destaque para o AssessoNutri, um serviço de assessoria nutricional para pequenos ruminantes; e para o aplicativo Orçamento Forrageiro, que apoia o produtor na gestão do recurso forrageiro na propriedade. Também tem atuado no desenvolvimento de sistemas de produção resilientes e sustentáveis, como ILPF Caatinga e sistemas de produção para leite de cabra a pasto. Novos materiais forrageiros, raças e grupos genéticos mais eficientes e com maior resiliência às mudanças climáticas do semiárido estão sendo pesquisados, por meio de programas de melhoramento genético. A Unidade também dispõe de soluções tecnológicas para transfere?ncia de embrio?es e  inseminac?a?o artificial em caprinos e ovinos.

Para promover a prevenção e o tratamento das principais enfermidades e vigilância preventiva contra doenças exóticas e emergentes de caprinos e ovinos, a Embrapa trabalha com soluções que contribuem com a segurança zoossanitária dos rebanhos. As principais ações envolvem estrate?gias de controle de verminose, de doenc?as infectocontagiosas e de distu?rbios reprodutivos, além de manejo para controle de mastite em caprinos, por meio do Programa de Qualidade do Leite.

A Unidade tem disponibilizado também novos produtos e processos para a agregação de valor a produtos da carne e leite de caprinos e ovinos, incluindo certificações, selos distintivos e boas práticas de produção e processamento. Além de atuar com estratégias que favorecem a inovação organizacional e social, incluindo escalonamento de produção e regularidade de oferta de produtos.

Fonte: Da Redação, com informações Embrapa
MAIS FOTOS