Máscara para vacas é aposta de empresa para frear o efeito estufa | Tecnologia | Notícias | Novo Rural
PUBLICIDADE
Máscara para vacas é aposta de empresa para frear o efeito estufa
Segundo agtech, a tecnologia pode reduzir as emissões em 53%; multinacional já fala em usar a novidade junto a clientes na Europa
Segunda, 07 de Junho de 2021
Divulgação

A pecuária vem sendo pressionada a encontrar uma forma de mitigar ou reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa. Agora, a agtech inglesa Felp desenvolveu uma máscara para vacas capaz de filtrar o gás metano e reduzir em 53% as emissões.

A máscara é colocada acima do focinho do animal e funciona como um catalisador de gás presente nos automóveis. Ventiladores alimentados por baterias solares sugam os gases e os prendem em uma câmara com filtro. Quando ele enche, uma reação química transforma o metano em CO2 e o libera. O gás metano retém 80% mais calor e é um risco muito maior do que o CO2.

A multinacional Cargill já anunciou que quer levar a tecnologia aos seus clientes da Europa no ano que vem. O preço ainda não foi confirmado, mas, segundo a Zelp, a assinatura deve custar a partir de US$ 80 por ano por vaca. A ideia é produzir 50 mil unidades no primeiro ano e outras 200 mil no ano seguinte.

A Zelp ainda precisa provar a especialistas independentes que a máscara funciona. Os estudos revisados por pares ocorrerão no quarto trimestre, após o produto ter sido totalmente otimizado.

Fonte: Da Redação, com informações do Canal Rural
MAIS FOTOS