Curso superior em Big Data no Agronegócio tem inscrições abertas | Tecnologia | Notícias | Novo Rural
PUBLICIDADE
Curso superior em Big Data no Agronegócio tem inscrições abertas
Sexta, 04 de Junho de 2021
(Divulgação)

Prosseguem até o dia 7 de junho, próxima segunda-feira, as inscrições para o processo seletivo do curso superior em Big Data no Agronegócio, realizado pela Fundação Coopercitrus Credicitrus em parceria com a Fatec - Centro Paula Souza, unidade de Bebedouro/SP. O curso tem o propósito de capacitar os alunos que irão atuar no segmento da agricultura digital, uma realidade em alta no Brasil e no mundo, oferecendo boas oportunidades profissionais. Em sua primeira turma, o curso tem 40 vagas disponíveis. O início das aulas será em agosto de 2021.

As inscrições devem ser feitas pelo site vestibularfatec.com.br. Diferente dos outros processos seletivos da instituição, este será feito mediante análise do Histórico Escolar, em que são consideradas as notas das disciplinas de português e matemática da segunda série do Ensino Médio.

O curso superior em Big Data será gratuito, com duração de 3 anos e aulas no período noturno, que serão ministradas nas instalações da Fundação Coopercitrus Credicitrus, em Bebedouro. O conteúdo é focado em disciplinas como internet das coisas, análise de dados, computação em nuvem, desenvolvimento de software, manejos agrícolas, tratos culturais e monitoramento de pragas, entre outras.

Nessa parceria, o Centro Paula Souza é responsável pela grade curricular e o corpo docente para o curso, e a Fundação Coopercitrus Credicitrus fornece a estrutura para as aulas.

A diretora da Fatec Bebedouro, Carla Lanzotti, comenta que o curso foi pensado para o perfil de pessoas que se interessam por Tecnologia da Informação e Computação, gerando um universo de possibilidades para se tornarem cientistas de dados, desenvolvedores de softwares e empreendedores que podem atuar na tomada de decisão no agronegócio. 

– Nosso objetivo é a formação do profissional na área de tecnologia, focado especificamente na área de big data, ciência de dados e internet das coisas aplicadas na solução de problemas do contexto do agronegócio – explica.

Fonte: Da Redação, com informações da Coopercitrus
MAIS FOTOS