Por meio da Lei do Agro, Banrisul pode subvencionar juros do crédito rural | Negócios | Notícias | Novo Rural
FREDERICO WESTPHALEN - RS
PUBLICIDADE
Por meio da Lei do Agro, Banrisul pode subvencionar juros do crédito rural
Quinta, 01 de Abril de 2021
O robô, subsidiado pelo Banrisul, alimenta os 1.800 suínos da família Konarzewski. Foto Divulgação

Todos os dias, às 5h30, o produtor rural Matheus Konarzewski vai para as pocilgas acompanhar o robô que auxilia na alimentação de seus 1.800 suínos na propriedade de 50 hectares, em Monte Alegre, município de Catuípe/RS. "Esse robô diminuiu em média 90% o serviço", comemora Konarzewski, que adquiriu o equipamento por meio do Banrisul. Ele e milhares de produtores do Rio Grande do Sul estão sendo beneficiados com crédito rural a juros subsidiados pelo banco que, graças à Lei do Agro de 2020, entrou na operação de recursos equalizados no Plano Safra 2020/2021.

– Um dos principais motivos da busca por esses recursos foi para atender à agricultura familiar. Porque a linha de investimento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) era uma das que estava esgotando muito rápido via BNDES – afirma o superintendente de Agronegócios do banco, Robson Santos.

Santos, que possui MBA em Agronegócios pela Universidade de São Paulo (USP/Esalq), explica que a Lei do Agro amplia a possibilidade de equalização de encargos financeiros para todas as instituições financeiras que operam no crédito rural. Até então, somente os bancos públicos federais, os bancos cooperativos e as cooperativas de crédito tinham acesso à operação.

E quais as vantagens do acesso à equalização? É que o Banrisul pode continuar financiando os produtores rurais ao longo de todo o ano-safra para as operações de investimentos, além de oferecer linhas de crédito para investimentoscomo irrigação, armazenagem, aviários, suinocultura, entre outros. Conforme Santos, o limite equalizável do Banrisul da safra 2020/2021 foi R$ 450 milhões. “Aumentamos 67% a nossa disponibilidade de recursos para investimentos, beneficiando cerca de três mil produtores”, reforça.

Mas o Banrisul quer ampliar ainda mais a participação no financiamento do agronegócio e destaca como prioridade continuar a operar os recursos equalizados. De julho de 2020 até fevereiro de 2021, o Banrisul desembolsou R$ 1,9 bilhão em crédito rural. “A expectativa é terminar essa safra 2020/2021 com mais de R$ 3 bilhões concedidos”, estima Santos.

Família Konarzewski

De origem polonesa, por parte de pai, e alemã, pelo lado da mãe, os agricultores familiares trabalham em sua propriedade de 50 hectares de segunda a segunda, sem descanso. “Sou eu, minha esposa e filhas, meu pai e minha mãe que tocamos o negócio”, explica Matheus Konarzewski. “A gente cria porcos, vaca de leite e tem lavora de soja, milho, além de pastagem para o gado. De tudo um pouco”, revela.

De acordo com o agricultor, o equipamento que auxilia na alimentação dos suínos foi adquirido por R$ 117 mil devido aos juros subsidiados pelo Banrisul. “Esse robô trata até seis mil porcos. Antes a gente tinha que tratar os bichos a balde, com carrinho, quatro vezes por dia, de quatro em quatro horas. Agora ele faz solito o trabalho”, relata.

Fonte: Da Redação, com informações da Seapdr
MAIS FOTOS
COMENTÁRIOS