Opinião: Trigo com boas perspectivas para 2020 | Agricultura | Notícias | Novo Rural
(54) 3194-0098 | (55) 99960-4053
PUBLICIDADE
Opinião: Trigo com boas perspectivas para 2020
Quarta, 27 de Maio de 2020
Gracieli Verde/Arquivo Novo Rural

Por Marcelo André Klein, engenheiro-agrônomo, analista da Embrapa Trigo, em Passo Fundo/RS.

O trigo é o principal cultivo de inverno do Sul do Brasil. Juntos, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná têm representado 88% da área e da produção total de trigo no Brasil. Produzimos, aproximadamente, 40% da nossa demanda nacional, que varia entre 10 e 12,5 milhões de toneladas e importamos, anualmente, entre 6,5 e 7,0 milhões de toneladas. A importação gerou, somente no ano de 2019, um desembolso de U$$ 1,5 bilhão. Nosso principal parceiro comercial é a Argentina, país do qual importamos, em média, 75% do trigo que precisamos para abastecer o mercado interno.

Nos últimos quatro anos, a área cultivada se manteve praticamente estável nesses três Estados, com média de 723.000 hectares para o Rio Grande do Sul; 56.000 hectares para Santa Catarina e 1.042.000 hectares para o Paraná. As produtividades têm variado de ano para ano. O ano de 2016 foi excepcional para a triticultura gaúcha, considerada a melhor safra dos últimos cinco anos. Apesar de ter a maior área plantada, o Paraná já soma três anos consecutivos de frustrações, por conta da ocorrência de geadas no Sudoeste e seca no Norte e Noroeste do Estado.

Para 2020, o cenário mostra-se favorável ao cultivo do trigo nessa região do país. Na previsão climática de inverno, a tendência aponta para uma estação com baixa umidade, o que favorece o cultivo pela menor incidência de doenças e o aumento da qualidade do produto colhido. No cenário internacional, a desvalorização do real, em função da pandemia do Covid-19, tornou extremamente cara a aquisição de trigo argentino, cuja tonelada chegou ao mercado nacional por até R$ 1.300,00 no mês de março de 2020, com possibilidade de elevação em conformidade com o câmbio.

Esses fatores que compõem o cenário tritícola levaram à valorização do produto nacional. Para fevereiro de 2020, a elevação de preço chegou a 4,09% no RS e 7,37% no PR. Com os preços atrativos no balcão, pode-se esperar um aumento na área cultivada para a safra 2020 nesses Estados. Temos terra, máquinas, tecnologia disponível e, principalmente, produtores experientes e com vontade de trabalhar. Trigo é a mais importante opção econômica para o uso das terras no inverno no Sul do Brasil. 


Para ler mais sobre esse assunto você pode acessar a edição on-line CLICANDO AQUI. Retire o seu exemplar impresso nas empresas anunciantes e nos escritórios municipais da Emater/RS-Ascar. Caso você queira ter a garantia de receber o seu exemplar de Novo Rural na sua casa ou no escritório através de uma assinatura, contate conosco pelo WhatsApp (55) 9-9960-4053.

Fonte: Redação Novo Rural
MAIS FOTOS