Sicredi Alto Uruguai: Mais uma vez contaremos com o agronegócio, diz Arthur Igreja | Negócios | Notícias | Novo Rural
FREDERICO WESTPHALEN - RS
PUBLICIDADE
Sicredi Alto Uruguai: Mais uma vez contaremos com o agronegócio, diz Arthur Igreja
Sexta, 22 de Maio de 2020
Divulgação

A economia vive um momento de apreensão, em nível mundial, ocasionada pela pandemia do Covid-19. Como já mencionado em outras oportunidades, este é um momento de reflexão e toda informação técnica e de qualidade devem ser consideradas. Seguindo o projeto Live Sicredi, a Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG trasmitiu ao vivo em suas plataformas digitais, nesta quinta-feira, dia 21, a conversa com Arthur Igreja, palestrante brasileiro renomado do ramo de negócios e inovação. A mediação da conversa foi feita pela presidente da cooperativa de crédito Angelita Marisa Cadoná. O foco da live foi no tema Cultura de Inovação.

Questionado sobre como ele enxerga a inovação no agronegócio brasileiro, Arthur comenta que o setor será a mola propulsora, mais uma vez, para o país sair da crise vivenciada neste momento.

– O agronegócio salvou o Brasil em 2015 e 2017 e a boa notícia é que contaremos com este mais uma vez, pois é o setor que mais está conseguindo se manter ativo neste momento – salienta.

Ele reforça que o setor ainda tem muitos desafios a serem enfrentados da porteira para dentro, como a sucessão e infraestrutura, principalmente quando o assunto é conectividade. 

– Precisamos combinar essa sabedoria que existe no campo com a juventude, com as pessoas ligadas às tecnologias e interessadas no setor – reitera.

Conceito de inovação

Para Arthur, o conceito inovação vai muito além do ato "inventar" ou implantar tecnologias de primeiro mundo. Ele afirma que as empresas podem inovar resolvendo questões que dificultam a experiência do usuário, inclusive, com base em iniciativas já adotas em outros negócios.

– As empresas brasileiras são majoritariamente pequenas, com capital limitado. Precisamos "aterrizar" conceitos. A preocupação com um futuro distante, muitas vezes, é uma anestesia para não inovar no presente – disse.

E-commerce

Durante a live, ele também falou sobre o aumento do uso do e-commerce neste período de pandemia e sobre como os hábitos adotados, a exemplo das compras on-line, estão sendo incorporados na rotina dos brasileiros.

– O mundo projetado para 2023/2025 aterrizou em março. Cerca de 4 milhões de brasileiros já compraram pela primeira vez através da internet neste período, esta modalidade de negócio veio para ficar. A pandemia vai passar, mas os hábitos das pessoas durante este período não – reforça Arthur.

Cooperativismo

Com base em estudos realizados para a produção do seu próximo livro, Arthur afirma que o cooperativismo é um caminho para a inovação.

– Vamos ter cooperativismo em todos os ramos da economia no futuro – projeta.


Assista a live completa AQUI!

Fonte: Rafaela Rodrigues/Novo Rural
MAIS FOTOS
COMENTÁRIOS